Notícias

NÚMEROS CONFIRMAM COLAPSO (DO SOCIALISMO) DA VENEZUELA

0 Comentários 14 Maio 2017

Rodrigo Constantino

Em editorial de hoje, O GLOBO mostra alguns números que não mentem: a desgraça venezuelana é total.


Mas, se números não mentem, a narrativa pode muito bem mentir, inverter nexo causal, ocultar o essencial etc. E, lamento dizer, é justamente o que faz o editorial do jornal, ao sequer mencionar a palavra socialismo, no epicentro da crise, e tentar concentrar a culpa toda em Maduro, o que inocentaria Chávez:

Desde que assumiu, em 2013, Maduro conduziu o país a um quadro de recessão; hiperinflação; escassez de produtos de primeira necessidade, inclusive remédios e alimentos; apagões e racionamento de energia e água; e altos índices de violência. Segundo o último Panorama Econômico Mundial, do FMI, o PIB do país caiu 18% em 2016 e deve recuar este ano 7,4%. Na mesma comparação, a inflação foi de 254,9% no ano passado e deverá alcançar 720,5%, este ano. A previsão de desemprego é de 25,3% para 2017, frente a 21,2% em 2016. Boa parte da população passa fome e está desnutrida. A taxa de mortalidade infantil subiu 30% em 2016, as mortes de gestantes saltaram 65%, e os casos de malária, 76%.

A crise venezuelana provoca um êxodo, com refugiados invadindo países vizinhos, como Brasil e Colômbia. Segundo o “Financial Times”, cerca de quatro mil cidadãos pediram asilo à Espanha em janeiro, superando as solicitações de refugiados sírios. Os venezuelanos também são a principal fonte de pedidos de asilo aos EUA, representando cerca de 23% do total. As empresas estrangeiras abandonaram o país, sendo o caso mais recente o da General Motors, depois que o governo desapropriou unidades da montadora. As reservas internacionais do país caíram de cerca de US$ 30 bilhões, quando Maduro assumiu, para US$ 10 bilhões. É este o resultado da mistura de desgoverno e autoritarismo.

Como fica claro, os dados são frios, objetivos. A destruição causada na Venezuela pelo socialismo, apesar das reservas de petróleo, sem embargo americano algum para levar a culpa, está bastante evidente. Mas nem todos querem fazer a associação necessária entre modelo socialista e resultados desastrosos (uma vez mais).

“Desde que assumiu, em 2013, Maduro conduziu o país a um quadro de recessão”, escreve o editorial, ignorando que o problema vem de antes, já com Hugo Chávez, com o bolivarianismo, com o “socialismo do século XXI”. Nós, liberais, cantamos a pedra, alertamos que o destino do país seria exatamente esse, mesmo quando muitos “especialistas” ainda elogiavam o foco do gorila socialista no “social”.

“É este o resultado da mistura de desgoverno e autoritarismo”, conclui o editorial. Não! É este o resultado inexorável do socialismo, do ataque ao livre mercado, ao capitalismo, da concentração de poder no estado, do coletivismo igualitário, do modelo que o PT tentou importar para o Brasil, que o casal Kirchner tentou levar para a Argentina, ambos com os mesmos sinais de catástrofe. Precisamos deixar bem claro quem são os responsáveis pelo caos.

Rodrigo Constantino
12 de maio de 2017

 

Deixe sua opinião

Poste um comentário

Samaúma Online

Portal


Entre no PORTAL MAÇÔNICO. - Restrito. - Utilize-se da Senha de nove letras minúsculas em que se devem considerar termos no plural.

<iframe src=”https://www.facebook.com/plugins/post.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Ftsmaia%2Fposts%2F1483880105000552&width=500″ width=”500″ height=”298″ style=”border:none;overflow:hidden” scrolling=”no” frameborder=”0″ allowTransparency=”true”></iframe>
TROMBOSE Sendo debelada


Mozart – Gran Missa en do m.-10. Et Incarnatus est (Bernstein)


O G20 só fortaleceu Donald Trump.


Basílica de São Pedro


Cenário Brasil e os mercados financeiros aqui e no mundo

Explica ou te devoro
fotos através de paredes
O contrário do Amor é o Poder

Cubana defende Trump e o Agradece


o manual do IDIOTA útil

 

Thatcher sobre Sindicatos e Ocupações
Diego Amorim entrevista o presidente do IBGE
Vaidade das vaidades tudo é vaidade?│Monja Coen

© 2017 Samaúma. DESENVOLVIDO POR IDEIAS WEB COM WordPress.